O reconhecimento internacional da brasileira Certifica Minas Café é consolidado através do acordo de benchmarking feito com a Associação 4C

signing benchmarking CMC

Sr. João Cruz Reis Filho, Secretário de Estado de Agricultura, Abastecimento e Pecuária de Minas Gerais, e Melanie Rutten-Sülz, Diretora Executiva da Associação 4C. Foto: Claudio Arouca

São Paulo, 20 de maio de 2015: No dia 19 de maio de 2015, em São Paulo, no Fórum do evento brasileiro Coffee Dinner, a Associação 4C e o Certifica Minas Café (CMC) anunciaram um Acordo de Benchmarking, que resultou da comparação técnica de seus padrões.

Como resultado do benchmarking, os produtores que possuem um certificado pelo programa de certificação Certifica Minas Café (CMC) de Minas Gerais poderão obter uma Licença 4C e vender Café 4C sem a necessidade de uma auditoria de verificação específica para o Padrão 4C. Isto traz dois benefícios sem custos adicionais para os produtores: o ganho de um novo portal de entrada para o mercado de café sustentável e, a consolidação do reconhecimento internacional do café certificado CMC de Minas Gerais e sua demanda.

O CMC, que é um programa que consiste em um conjunto de melhores práticas e procedimentos relacionados à produção de café, foi criado em 2006 pelo governo do Estado de Minas Gerais. Atualmente é executado pelo EMATER de Minas Gerais e pelo Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) sob a coordenação da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais - SEAPA. Para que o padrão CMC seja implementado, os produtores recebem orientações práticas para que produzam café com eficiência ao mesmo tempo respeitando às leis sociais e ambientais. O acordo de benchmarking irá beneficiar de forma direta, aproximadamente, 1.600 fazendas de café que atualmente possuem certificação pelo Programa CMC, no Estado de Minas Gerais.

“Do ponto de vista do Certifica Minas Café, parcerias como esta com o 4C representam uma importante medida para o contínuo aperfeiçoamento dos processos de trabalho. Os cafeicultores inscritos no CMC passam a contar com mais esta oportunidade de dar visibilidade ao seu trabalho e ao seu produto e, por outro lado, tornam cada vez mais conhecida esta iniciativa mineira de contribuir para uma produção sustentável.” declara Niwton Castro Moraes, da SEAPA e representante da CMC.

O estudo de comparação técnica dos dois padrões que culminou no acordo de benchmarking foi conduzido pela IMO Control do Brasil, uma empresa de auditoria independente com uma grande experiência em estudos de benchmarking. O projeto todo foi supervisionado pela Secretaria de Agricultura de Minas Gerais, pela Associação 4C, pela SEAPA, pelo IMA e pelo EMATER.

‘Para a Associação 4C, a cooperação com o CMC representa um passo a mais rumo ao crescimento mundial de colaboração entre padrões de sustentabilidade. Estamos fortemente empenhados em trabalhar em conjunto com outras iniciativas a fim de evitar a duplicidade de esforços e custos adicionais e, assim, aumentar os benefícios para os produtores. Estamos muito satisfeitos em apoiar o fortalecimento do reconhecimento internacional dos grandes esforços sendo feitos pelo produtores brasileiros através deste acordo.” declarou Melanie Rutten-Sülz, Diretora Executiva da Associação 4C.

Este projeto foi patrocinado e financiado pelo Programa Café Sustentável, fomentado pelo IDH. O Programa Café Sustentável (PCS) é uma iniciativa mundial, pré-competitiva e público-privada. Envolve a indústria e parceiros comerciais, produtores, governos (locais) e instituições de pesquisa, doadores, ONGs e organizações normatizadoras de padrões do setor cafeeiro. O programa tem a ambição de aumentar a escala de produção e comercialização de café sustentável por meio do alinhamento de investimentos das partes interessadas em programas de apoio aos produtores, melhorando as condições de vida dos produtores, preservando os recursos naturais e possibilitando que os produtores de café tornem-se mais resilientes em um mercado em constante mudança.

________________________________________________________________________

Para assuntos relacionados à imprensa, por favor, entre em contato com:

Verónica Pérez, Gerente de Comunicação da Associação 4C: +49 228 850 50 16; Email: veronica.perez@4c-coffeeassociation.org

ou

Gillian Evans, Gerente de Comunicação do IDH: +31 (0) 6422874878; Email: evans@idhsustainabletrade.com